(16) 3211-2828 Fale Conosco

Semana Pedagógica discute Políticas Públicas e Movimento pela Vida

Semana Pedagógica discute Políticas Públicas e Movimento pela Vida
Semana de Movimento pela Vida” também faz uso da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas
 
Ex-aluno do Colégio Santa Úrsula, de Ribeirão Preto (SP), Luiz Eugênio Scarpino Júnior falou ao Corpo Docente na abertura da Semana Pedagógica da escola a convite da equipe de Pastoral. “Fraternidade e Políticas Públicas”, que se refere ao tema da Campanha da Fraternidade deste ano e traz como lema “Serás libertado pelo Direito e pela Justiça” (Is 1, 27), foi ministrada aos professores dos ensinos Fundamental Anos Finais e Médio, das 10 às 12 horas, e aos do Ensino Fundamental Anos Iniciais, Educação Infantil e Berçário, das 14 às 16 horas.
“A Campanha da Fraternidade deste ano busca incentivar a participação do cidadão na construção de Políticas Públicas, com o objetivo de promover mudanças significativas que viabilizem o desenvolvimento sustentável da sociedade e da partilha justa do bem comum”, explicou Scarpino Júnior. Ele é professor de Direito em cursos de graduação e pós-graduação e advogado especialista em Direito Administrativo.
O palestrante lembrou que as ações e os programas sociais devem ser executados não somente pelo Estado, mas também pela iniciativa privada e o Terceiro Setor. “O importante é mobilizar vários grupos para buscar soluções para problemas que precisam, urgentemente, ser resolvidos, para que haja melhora da qualidade de vida da população”, disse.
 
“Semana de Movimento pela Vida”
 
O projeto da “Semana de Movimento pela Vida” também foi apresentado ao Corpo Docente pela equipe de Pastoral, que é formada por Camila Sarti, Tiago Oliveira e padre Anderson Xavier Lopes. Além de se inspirar na Campanha da Fraternidade deste ano, ele se fundamenta na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas).
As metas globais e locais serão utilizadas por cada etapa escolar, ficando assim: Berçário e Educação Infantil trabalharão Meio Ambiente (Metas 14 e 15 – “Vida na Água e Vida Terrestre”).
O Fundamental Anos Iniciais abordará os Direitos da Criança e do Adolescente (Meta 4 – Educação de Qualidade). O Fundamental Anos Finais analisará a Saúde (Meta 3 da ONU). O Ensino Médio se debruçará sobre o tema Urbanismo (Itens 9 e 11 do documento – Infraestrutura e Cidades Sustentáveis).
 

Veja alguns cliques:

Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu contato foi encaminhado com sucesso.