(16) 3211-2828 Fale Conosco

Estudantes de Ribeirão Preto participam de encontro com escolas ursulinas de 50 países

Evento online reuniu escolas pelo Pacto Educativo Global

 

Gabriel Santucci e Arthur Delapieri, estudantes do Ensino Médio, e seus professores Gabriel Papa e Deborah Dubbelt, do Colégio Santa Úrsula, participaram do encontro internacional que reuniu escolas ursulinas de 50 países pelo Pacto Educativo Global proposto pelo papa Francisco.

 

O objetivo deste encontro foi trabalhar pela formação de líderes globais que, juntos, sejam estimulados a propor mudanças significativas que promovam o cuidado com o planeta – “nossa casa comum”, como diz o papa – e que defendam a paz, a justiça social e mais dignidade para todos os povos.

 

“É uma oportunidade para que os jovens sejam sensibilizados para perceberem o quanto são capazes de agir para fazer a diferença no mundo a partir da transformação da sua própria realidade”, disse Deborah Dubbelt.

 

Projeto social único

 

Após cada escola apresentar seus embaixadores, houve encontros em grupos menores para compartilhamento de conhecimento e troca de informações. O Brasil se reuniu com uma escola americana, uma polonesa e uma francesa. A atividade pelo Pacto Educativo Global aconteceu no dia 15 deste mês.

 

O próximo passo será a escolha de um assunto de interesse comum para as quatro escolas ursulinas analisarem e construírem juntas um plano de ação. “Foi uma experiência incrível, tanto do ponto de vista escolar, como pessoal. Ter a oportunidade de conhecer pessoas para elaborar um projeto social é muito desafiador e único”, ressaltou Santucci.

 

O próximo encontro será em abril de 2022, quando os planos de ação serão apresentados. Além de Gabriel Santucci, Arthur Delapieri, Gabriel Papa e Deborah Dubbelt, também participam da organização das ações os membros da Pastoral Tiago Oliveira e Camila Sarti, o coordenador de Educação Internacional, Rafael Bianchi, e o coordenador do Ensino Fundamental Anos Finais, Ensino Médio e Curso Pré-Vestibular SantaMED, Fernando Lomas.

 

Pacto Educativo Global

 

No Pacto Educativo Global, o papa Francisco convoca todas as nações, instituições e pessoas a se mobilizarem por uma mudança de mentalidade gerada por inciativa, sobretudo, dos agentes da educação em todo o mundo. A proposta é a união pela construção de uma nova sociedade que seja capaz de assegurar o futuro do planeta.

 

No pacto constam sete compromissos que orientam e incentivam a mudança no mundo:

 

1 – Colocar a pessoa no centro de cada processo educativo.

2 – Ouvir a voz de crianças, adolescentes e jovens a quem transmitimos valores e conhecimentos.

3 – Favorecer a plena participação das meninas e adolescentes na instrução.

4 – Ver na família o primeiro e indispensável sujeito educador.

5 – Educar e educarmo-nos para o acolhimento, abrindo-nos aos mais vulneráveis e marginalizados.

6 – Encontrar outras formas de compreender a economia, a política, o crescimento e o progresso, na perspectiva de uma ecologia integral.

7 – Guardar e cultivar a “nossa casa comum”, protegendo-a da exploração dos seus recursos, adotando estilos de vida mais sóbrios e apostando na utilização exclusiva de energias renováveis.

Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu contato foi encaminhado com sucesso.