(16) 3211-2828 Fale Conosco

Encontros e corais natalinos marcam fim do ano letivo no Fundamental Anos Iniciais

Nas janelas das salas de aulas e em torno do presépio, feito de materiais recicláveis, as atividades reuniram os estudantes em agradecimento especial

 

Celebrar pelo fim de mais um ano letivo e levar música e esperança aos amigos da escola foram objetivos das apresentações dos corais natalinos. As atividades embalaram este momento de superação e alegria pelo encerramento de mais uma etapa vencida pelas turmas do Infantil III e 1º ao 5º ano do Fundamental Anos Iniciais.

 

Nos encontros natalinos, que aconteceram nas aulas de Ensino Religioso, os alunos escreveram pedidos e desejos para o próximo ano. Cada ano se inspirou em um símbolo – os estudantes do 5º ano escreveram mensagens no desenho que fizeram do brasão do Colégio. Os do 4º ano pintaram e escreveram em um desenho da Pomba da Paz. E os do 3º ano deixaram suas mensagens em um desenho do Coração. Os corais foram apresentados durante as aulas de música.

 

A coordenadora Pedagógica do 3º, 4º e 5º ano, Fabiana Paganotti, lembrou que, devido ao atual momento, não foi possível fazer um grande evento de encerramento de fim de ano, como era o costume da escola. “Apesar da pandemia, temos que agradecer e resgatar o verdadeiro Espírito Natalino”, disse.

 

 

Conquista de uma nova etapa

 

A orientadora Educacional Patrícia Bispo falou da importância de despertar o sentimento de gratidão e empatia nas pessoas. “É preciso agradecer e incentivar nossos alunos a sonharem e acreditarem que dias melhores virão, principalmente, se resgatarmos os valores humanos e cristãos”, ressaltou.

 

Vivian Lorenzato, coordenadora Pedagógica do Infantil III e do 1º e 2º ano, afirmou que este é o momento de levar a todos uma mensagem de esperança e amor. “Oferecer a música natalina como um presente, de aluno para aluno, foi, realmente, muito especial”, salientou.

 

A orientadora Educacional Ana Paula Correa falou sobre a importância de comemorar a vida e o fim de um ciclo. “É preciso cultivar a esperança e partilhar estes momentos profundos de gratidão pela saúde e pela conquista de mais uma nova etapa da vida das crianças”, afirmou.

Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu contato foi encaminhado com sucesso.