(16) 3211-2828 Fale Conosco

Alunos da UFSCar visitam Colégio Santa Úrsula e apresentam o PET Estatística

Alunos da UFSCar visitam Colégio Santa Úrsula e apresentam o PET Estatística

Entre eles estava Matheus Pacola, ex-aluno da escola de Ribeirão Preto

            Um grupo de estudantes da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) visitou o Colégio Santa Úrsula, de Ribeirão Preto (SP), no dia 17 de fevereiro. Eles fizeram uma apresentação para alunos do Ensino Médio sobre o PET (Programa de Educação Tutorial) do Curso de Estatística, do qual todos fazem parte. Subordinado a Sesu (Secretaria de Educação Superior) do MEC (Ministério da Educação), o PET é um projeto do Governo Federal para estimular atividades de pesquisa, ensino e extensão universitárias.

             “Um membro do PET atua em atividades sociais e promove a integração entre universidade e sociedade, como na realização de seminários e workshops de temas relevantes à população. Para fazer parte é necessário cumprir uma série de requisitos, como, por exemplo, não ter qualquer dependência ou reprovação”, disse Fernando Lomas, coordenador do Ensino Médio e do Curso Pré-Vestibular Santa MED. Graduado pela UFSCar e com Mestrado pela USP, ele próprio fez parte do PET Matemática.

 Divulgação universitária

             Esta foi a segunda vez que o Colégio Santa Úrsula recebeu o PET da UFSCar. Em 2018, a visita contou com um ex-aluno da escola, Victor Girardi, que está no último ano de Estatística. E foi por meio da apresentação dele que Matheus Pacola, então estudante do 3º ano do Ensino Médio, conheceu o curso da UFSCar. Hoje no 3º período da graduação, ele fez parte da comitiva que esteve em Ribeirão Preto no dia 17. Além dele, estiveram na escola Ana Luiza Barcelos, Giovanni Vicente Batista, Gabriela Pereira Soares e Leonardo Vítor de Freitas.

             “Atualmente, também faço parte do programa e levo este conhecimento para outras pessoas. Mostramos o que a UFSCar tem e como ela pode ser uma opção para quem for prestar o vestibular”, salientou Pacola. Para o ex-aluno, o Ensino Médio do Colégio Santa Úrsula foi fundamental na preparação para a sua vida universitária. “Sempre que eu precisei de ajuda havia um ou mais professores disponíveis para me auxiliar. Isso sem contar os plantões e o grande volume de exercícios que fazíamos”, ressaltou.

             De acordo com Giovanni Batista, o PET também tem a função de incentivar que os estudantes tentem entrar em uma universidade pública, e mostrar que a visão de quem está dentro da estrutura pode tirar dúvidas de quem as possa ter. “Como ainda estamos em férias, nosso grupo está também na fase de planejamento de ações para 2020. Em períodos de aula, nos reunimos sempre às quartas-feiras. Somos em 18 alunos e um tutor – no caso do PET Estatística, o professor doutor Pedro Ferreira Filho”, completou Batista.

 

Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu contato foi encaminhado com sucesso.